15 novembro 2015

BOLO DE BATATA DOCE

As lojas convidam-nos a entrar. A sentir o ambiente natalício pintado a vermelho e branco, metalizados mais arrojados, os alternativos azuis noite e rosa cintilante, ou num tom mais rústico, mais quente, mais natural, cheio de magia, as madeiras cheias de neve, um bosque encantado povoado com os animais mais amorosos da estratosfera, as bolotas e as estrelas, as pinhas e as coroas salpicadas de leves prateados, renas e trenós, as mantas brancas felpudas, um verdadeiro sonho... seja qual for a decoração que irão escolher para este ano, encham esses corações de luz, fé e magia.

03 novembro 2015

Cheesecake de Abóbora


Isto o melhor da festa são mesmo as sobras que habitam no frigorífico à espera do mais guloso ataque de gula. Ficam a apurar, maquiavelicamente no ponto em que alguém não resiste e cai de boca a uma dentada feroz. No silêncio de uma lua cheia, seria perfeito, até mesmo romântico, não fossem os meus filhos estarem ambos doentes e o mais novo ter inundado a minha cama de uma virose monstra que nos acorda de hora a hora. E raios... não é para comer cheesecake na calada da noite! É para procurar em modo zoombie o frasco de brufen mais próximo (e o irritante doseador que nunca está dentro da embalagem), ligar o aerossol à tomada, injetar-lhe o soro e esperar pelo grito de silêncio... até que a tosse acabe e eu, consiga com proeza e destreza, dormir 2 minutos de uma profundidade tal... que me pareceu ter ido lamber ali a ganache do último da fila.

02 novembro 2015

GLAM HALLOWEEN


Noite de Halloween! Preto, branco e dourado. Nada mais glam, nada mais giro. Detesto roxos e cores familiares, detesto bruxas com e sem vassoura, zombies, múmias e criaturas petrificadas pelo medo que este dia possa suscitar. Gosto de apontamentos requintados, que assinalem a data e marquem a memória de quem por ela passa. Adorei criar cada detalhe desta festa, tanto na parte doce como na salgada. Os morfes obedeceram a semanas de escolhas, indecisões e alterações. Muita tinta rolou debaixo da luva e alguns cacos com ordem para reciclar, tornaram-se aliados com vida própria. Vamos lá saber como tudo aconteceu...

10 outubro 2015

Um BOLO de ABÓBORA e um chá por favor!


Um dia de chuva. Um bolo de abóbora com pepitas de chocolate, um chá e uma manta, por favor! Depois de uma manhã na cozinha a testar receitas novas, depois de fotografar e de não conseguir passar as fotografias para o computador porque aparentemente, hoje, não reconhece os ficheiros (fruto da chuva suponho), bem é hora de relaxar, ignorar alguns contratempos e partilhar convosco uma receita que já tinha na manga. Até porque, por portas e travessas já a partilhei com uma amiga, e também ela quer publicar a sua experiência deste bolo magnífico. Mafaldinha querida, já podes mostrar ao mundo a tua versão do bolo de abóbora que tens aí guardada.

06 outubro 2015

MOTAS... e muita adrenalina!


Toda a euforia própria de um dia de corrida. O piloto acordou cedo, bem disposto e cheio de garra para alcançar o seu 1º troféu na pista mais desejada de sempre. 6 anos de treinos intensivos, faziam dele, o piloto mais cobiçado e com lugar no pódio assegurado. Os fãs estavam lá para aplaudir o seu sucesso (ou deva dizer as fãs, porque o miúdo é giro para "xuxu"). Estavam 30 graus nesta tarde de Outono, a pista estava pronta a ficar colada às 2 rodas mais velozes do planeta. Staff a postos, pneus extra, muito fuel, mala de ferramentas a postos, eis que chegava o grande momento... as bandeiras axadrezadas desceram, os semáforos começaram a piscar e em 3, 2, 1... a aventura tinha começado. Força L., a taça já é tua!

04 outubro 2015

FALL IN LOVE... A festa do Manuel


Cores quentes, sabores que nos ficam na memória, Outono após Outono, esperamos ansiosamente pela chegada das romãs, das maças, da marmelada, dos frutos secos, da canela, da erva doce e da abóbora. E da oportunidade singular de tapar os pés com a mantinha mais fofinha que encontrarmos. Cheiros que marcam território e aquele frio após os últimos raios de sol que nos fazem andar com um aconchego dentro da mala. Um brinde a chá, regado com broas e bolo de mel, tão típico, tão nosso, tão reconfortante, que só um encontro entre amigos o permite. Um dia de festa, um dia no campo com direito a histórias contadas na horta, a uma bruxa com um caldeirão mágico e um espantalho tão divertido. Uma atípica festa de 6 anos para um menino muito especial. Deixem-me que vos apresente, a festa do Manuel.

21 setembro 2015

UM AMOR COM ASAS... E UM SIMPLES BOLO DE BETERRABA E CHOCOLATE


Cresceste demasiado rápido. A mãe tem saudades tuas. Não há amor como o primeiro, intenso e arrebatador, um amor que se sente com o coração e cala todas as palavras do dicionário. Hoje no teu 1º dia de escola "à séria", também senti saudades. Muitas. Hoje foste um crescido e a mãe pequenina. No auge da minha imaturidade de mãe moderna, deixei cair umas lágrimas. Umas eram de orgulho, outras de felicidade, mas haviam umas, bem salgadas, de desapego, de deixar-te voar sem te proteger demasiado, de te empurrar sem te deixar cair, de te dar colo à distância, de te ver sorrir num escorrega novo, de te ver atrapalhado com o toque da campainha, de consolar e acalmar esse coração ansioso. No Natal, quando souberes ler, vais saber a verdade. Que te amo mais do que tudo e que a minha ansiedade... converteu-se num bolo cheio de amor.

15 setembro 2015

Muffins de Abóbora


Parece Primavera, mas é (quase) Outono! Parece um casamento, mas é só a minha sala (e os meus preciosos 40cm com que fotográfo tudo e mais alguma coisa). Dúvidas esclarecidas, falemos dos protagonistas da festa. Uns muffins super decadentes para os miúdos levarem na lancheira. Ou para cuscar durante horas numa tarde cinzenta, com uma caneca de chá bem cheia e 2 dedos de conversa com a melhor amiga. Ou para levar a casa dos avós e eles ficarem preplexos como é que os nossos dotes culinários crescerem nos últimos tempos (já lá vai o tempo do básico pão de ló). Ou para oferecer à educadora e adoçar-lhe o mimo. Ou, sei lá, para comer a meio da noite durante uma insónia terrível? (calculo que também sirva, porque durmo que nem uma pedra).

09 setembro 2015

Noodles Vegetarianos


Uma refeição feita em foxtrot, com as crianças em posição lapa a reclamar o 7º direito da constituição infantil que regula de forma inócua que, ao mínimo cair da folha, o jantar é servido às 19h00. Com tolerância britânica, que é como quem diz, sem tolerância. Não sei se é do tempo ou do relógio destas crianças, o fato é que estas barrigas cá por casa apitam cedo. Mesmo que eu tenha a mise en place preparada há horas, nunca conseguem esperar a refeição com suavidade. Talvez por sentirem o aproximar da mudança do relógio, pelos dias com menos sol, da leve brisa no final da tarde, das 4 paredes mais frescas, do arrumar na gaveta os comandos do AC e do adeus ao saco dos brinquedos da praia... Aqui sim, concretiza-se um profundo sentimento de abalo, coração apertado e garagem com o saco. Até acho que respiro de alívio quando vejo o saco descer ao andar de baixo. Instala-se o stress pré jantar... chuchas que voam, gritos de desespero que se soltam, como se o índice de glicémia entrasse numa manifestação contra a Uber.

07 setembro 2015

HOJE É DIA DE FESTA!


A RITAS MESSY KITCHEN viajou até à capital. O convite foi feito e aceite na hora. Não havia como recusar. Não se recua perante um sorriso amigo, não se nega um afeto, não há vida sem um abraço caloroso e comovido, não somos felizes sem momentos de festa, não há festa sem lágrima e não há festa sem paparoca boa. Com muito orgulho, as minhas queridas amigas Sofia Portugal e Joana Nobre Garcia, editaram o livro mais giro de festas. Um DIY fácil, percorrendo 14 temas diferentes, dos aniversários ao Natal, onde qualquer dona de casa desesperada vira protagonista. Vamos virar a página e ficar a conhecer um bocadinho mais das autoras e deste DIA DE FESTA!

01 setembro 2015

Setembro é tempo de voltar à escola e comer bem


A MESSY MAGAZINE está de volta! Desta vez, numa versão mais outonal e reconfortante, onde as crianças deram o mote. O regresso às aulas é para todos um campo de batalha. Felicidade de reencontros, ansiedade de primeiros encontros. O cheiro do material novo estimula o que vem por aí... Aprender, voltar a ter uma rotina chata que nos obriga a levantar da cama a horas demoníacas, a comer quando não há fome e a deitar quando os nossos personagens favoritos entram em ação. E os malvados tpc´s! Não é justo! Bem, o seu justo é discutível, mas que podemos tirar o melhor partido de uma mochila às costas, ai isso podemos. E de ter uma refeição feita com amor, numa marmita pirosa com a Elsa da Frozen e o gang da Star Wars, podemos e devemos!

12 julho 2015

Bolo Mousse de Chocolate Vegan


Pronto, não há muito a dizer acerca deste bolo. Tem chocolate e tofu... e é bom que se farta! Por esta ninguém esperava (nem mesmo eu, habituada a combinações improváveis). As melhores coisas da vida continuam a surpreender-nos nos pequenos detalhes. São eles que nos arrancam sorrisos e um prazer de gula tão divertido quanto pecaminoso. Um bolo sem ovos, uma mousse sem natas. Era disto que eu precisava. No Verão todas as malditas calorias contam ou nem com fato de banho lá vamos. Na mesma linha saudável só mesmo uma papaia com framboesas, mel e raspas de lima. É quase como aquela história do cacau ser um fruto...

01 junho 2015

RITA´S MESSY KITCHEN MAGAZINE - SUMMER ISSUE


1 de Junho, dia de vos dar a conhecer um novo projeto. Adoro desafios, gosto que acreditem em mim e que me puxem ao limite. Que me deêm que fazer, cumprir calendário, sentir aquele friozinho na barriga, guardar segredo, planear e executar, ver o resultado e sentir um orgulho enorme em mim própria, sentir que foram dias intensos, mas que valeram tanto a pena. E assim sai a 1ª edição da RITA´S MESSY KITCHEN MAGAZINE!

22 abril 2015

CHOCOLATE VEGAN RAW CHEESECAKE


Há dias assim... parece que a mente acorda em camadas iluminadas e com as ideias em alta definição. Adoro sobremesas em decalcos do Douro, linhas desenhadas, cada sabor no sítio certo, texturas e contrastes num apogeu de sensações. Sou fanática por crocantes, não há nada que me deixe mais histérica (leia-se feliz) que sentir um crocante algures numa garfada não programada. Aquela surpresa, o fator UAU, as frações de segundos em que mastigamos algo diferente e tentamos decifrar ao que sabe... uma experiência intensa e quase orgásmica. Tenho dito.

21 abril 2015

Hamburgers de Quinoa

Desisto de arrumar a casa (entenda-se blog)! Se há coisa em que não sou boa é perceber linguagem cibernauta. Vou ter de passar a pasta a alguém que domine códigos e alinhamentos de imagens e configurações e o diabo a 4, que isto definitivamente, não é para mim. Eu gosto mesmo é de cozinhar, receber amigos e dar-lhes o melhor do meu mundo. Era sexta feira santa. Não podíamos comer carne. Sai 3 hamburgers para a mesa do canto sff...

05 abril 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Ninhos de Maracujá e uma Páscoa Pintada a Aguarela


Um Domingo de Fé. Um Domingo em família, reunião, partilha e ovos de chocolate a cada piscar de olhos. Gostava que os meus filhos acreditassem que existe um coelho que traz ovos sabe-se lá de onde, que os esconde nos locais mais pragmáticos, o que exige uma grande caçada à Indiana Jones, mas naaaaaaaann.... os putos sabem que os ovos vêm do supermercado e trazem brindes lá dentro e, por sinal, dão primazia à escolha do brinde, mesmo que o chocolate seja uma real caca. A tradição já não é o que era...

31 março 2015

#Ao Domingo há Tábua!# O Pequeno Almoço cá de casa tem Porridge de Quinoa, Muffins de Aveia e Pão de Centeio e Sésamo



Férias da Páscoa e 2 semanas de rotinas fora da lei, ovos de chocolate ao pequeno almoço, sestas negociadas com bolachas, lanches ajantarados, fugas à sopa e calor, muito calor. Sinto-me a derreter no deserto. Sinto que adormeci no inverno e acordei no verão, tipo urso hibernado, ainda de pêlo molhado e fedorento, pelos meses de alienação do exterior. Acordei e tenho duas crias para tomar conta durante 15 dias, não contabilizando a febre do Tomás 3 dias antes da escola terminar. Olá férias...

27 março 2015

Batido de Abacate, Kiwi e uns Espinafritos simpáticos


Os verdes! Não me refiro aquela ridícula percentagem sentada na AR, mas sim aos temidos e desejados batidos verdes. Para quem ainda não teve coragem de mergulhar numa piscina destas, é hoje o dia. Este é dos básicos, combinação com textura de mousse e aquele docinho no final. Não sabe a couve, é dos simpáticos. E com estes 20 graus, vão derreter corações, aos durões, aos cépticos, aos que fazem má cara à ngestão líquida de legumes e especialmente aos que dizem ´nunca vou conseguir beber isso´. Caríssimos anti sumos verdes, este post é para vós.

22 março 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Waffles de Polenta e Parmesão a acompanhar uma Mousse de Abacate e Cacau


Adoro snacks! Não sou fã de comida de tacho, ensopados e caldeiradas não constam no meu reportório de receitas. Gosto de produtos frescos, sazonais, comida simples e cheia de sabor. O respeito pelos ingredientes é fundamental. Às vezes as coisas mais simples da vida, são efetivamente as melhores. Tínhamos frango no forno, umas comuns e mortais coxinhas de frango marinadas num molho de churrasco. Simples e bom. Para acompanhar uma salada bem fresca e saudável. Um almoço de domingo muito banal, até à data, MAS... e quando há um MAS, há coisa boa para vir. E veio...


17 março 2015

Pão de Banana e Nozes


Este é cá um pão!!! Ando viciada em pães. Pão artesanal tem outra pinta. Hoje apetece-me um pão de banana. E sai um pão de banana. Ahh, hoje apetece-me um pão com nozes e passas. Pimba, pãozinho a sair do forno à hora do lanche. É fácil, rápido e saudável. Porque ter um pãozinho fresco todos os dias é um verdadeiro luxo dos tempos modernos, o meu preferido deve ser este que vos trago aqui e agora: banana e nozes. Combinação clássica, mas com ingredientes saudáveis, vegan away.

15 março 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Trilogia de Framboesa


Não há amor que se explique. Respiramos uma doçura no ar, sentimos um arrepio que não dá para igualar, ouvimos sons florais num livre trânsito à Primavera anunciada, há um estado de felicidade estampado nas células do ADN, é intrínseco, luminoso, muito nosso, egóico e intransmissível. A bipolaridade entre razão e a grande máquina, que bate sempre demais na presença da emoção, são só meros detalhes que nos baralham as ideias. Um grande amor está repleto de sintonia, não há discórdia porque tudo flui, tudo se torna mágico, como num jardim encantado. Todos os segundos vividos no pulsar de uma paixão, são válidos para festejar. E dona framboesa, hoje, conta-vos uma história, uma história de amor...

11 março 2015

Gelado de Banana, Cacau e Pistácio


E aos primeiros raios de sol, eis que a casa se enche de luz, de flores, de tons liláses, de verdes, de calor e obviamente de gelados. Declaro oficialmente aberta a época do gelado. Não precisamos de utensílios complicados nem máquinas sofisticadas, basicamente só temos de atestar a arca cheia de fruta, muita fruta, estilo bunker à beira de uma qualquer guerra que estale por aí. Prepare-se, porque nunca foi tão fácil ter um gelado em... segundos?! Além da fruta, a vertente healthy da questão. Sem ovos, sem natas, sem conservantes, aditivos e gordices banais. O amor é a única regra! Para um gelado perfeito, para uma vida a 4, para as flores ganharem cor, para a cozinha ganhar cheiro... para a Primavera sorrir.

05 março 2015

Granola, Caramelo de Tâmaras e Pudim de Chia - Calling Spring


O bom tempo voltou (já não era sem tempo), já apetece andar mais tempo na rua, os dias crescem a olhos vistos e o pôr do sol anda de cortar a respiração. Os ginásios estão com lotação esgotada, as avenidas junto ao mar ganham formigas de gente, a caminhar em maratonas de quilos a mais, escondidos e camuflados pelo rigoroso inverno. Para comemorar os primeiros raios de sol, trouxe uns convidados muito especiais. Como descrever ilustres ingredientes, que individualmente já fazem o nosso dia mais feliz, juntos então é um festival de sabores a pipocar, entre colheradas suaves e macias, doces, menos doces, intensas, baunilhadas, embrulhadas na frescura das bagas e para terminar... aquele crocante, a explosão da paixão e um agradecimento especial à mãe terra por tão abundante e decadente mixórdia. Crocantes na sua essência, vibrantes no paladar, eufóricos na metamorfose. Estes vieram para ficar...

21 fevereiro 2015

#Ao Domingo há Tábua# Tofu com samba no pé e Cheesecake (des)mascarado


Que loucura de Carnaval! Folia, alegria e muito samba. O melhor Carnaval de sempre... há mesa! E não passou disso. Na verdade, foi mais assim: Que loucura, não vi Carnaval nenhum. Folia, muita, para dar e vender, mas entre dois foliões de palmo e meio, que hora eram super heróis prontos a salvar o dia, ora eram os monstros das caixas mais birrentos da estratosfera (uma espécie de fase, precoce, do armário estão a ver?). Alegria também tivemos, principalmente na hora da sesta. E samba? Ahhh, esse não nos escapou, num belo repasto com tudo a que um bom apreciador de comida brasileira tem direito. O feijão caldento, a farofa de cenoura, a banana e o abacaxi grelhados e uns extras em versão saudável que desfilaram na Sapucaí cá de casa. A picanha apareceu vestida de tofu e o arroz de quinoa. Ganharam, por unanimidade, o prémio para melhor máscara de Carnaval.

12 fevereiro 2015

Umas Panquecas Saudáveis


O Dia dos Namorados está ao virar da esquina! Mesmo que tímido e um pouco disfarçado por serpentinas e pistolas de água. As montras dividem-se e os lojistas não sabem bem se hão de encher a montra de cabeleiras rosa fúscia, kits enfermeira sexy e fatos de homem aranha OU almofadinhas com corações, ursinhos fofinhos que proclamam amor eterno e lingeries sensuais, dobradas meticulosamente em singelos (e medonhos) botões de rosa. O Carnaval está a arruinar o negócio do amor! A folia leva a melhor. Na hora de escolher entre um ramo de rosas vermelhas ou uma corneta barulhenta que dá para atazanar meia cidade... as flores murcham, já uma boa corneta, dura a vida toda.

08 fevereiro 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Prego à Tábua e Brownies de Batata Doce


Hoje é dia de snacks e de gordices. Uma ida fugaz ao supermercado, entre um frio glaciar e uma birra jurássica por bolachas de chocolate dos Smurfs (give me a break!)... se calhar não era bem isto que queríamos, queremos mesmo, mesmo... os iogurtes novos da Bongo (como é que não vi isto antes?), em formato sólido mas que se bebem de palhinha (pirosada)... ou talvez pipocas, "sabes mãe, milho faz pipocas" e como não me parece satisfeito em levar só os palmiers gordurentos, as pipocas devem combinar com o iogurte de palhinha ao lado e um smurf em cima. Ah, calma... também gosta de maltesers! E se calhar uma pizza com douradinhos também marchava. Estas seriam as compras de sonho do meu filho, que tornaram a minha ida às compras, numa correria a jato, sem olhar à lista e deixar escapar a banca das maças. A dor de garganta deve-lhe dar ressaca, só pode!

03 fevereiro 2015

Spread Love - Dia dos Namorados



E porque o dia mais piroso do ano está mesmo a chegar... Vamos lá espalhar um bocadinho de magia e carregar o saco das flechas do cupido ValenTIM com muito vermelho paixão, rosa mimo e branco harmonia (o azul só ali está porque sim, porque fica a matar, porque nos faz sonhar com uma viagem, onde assim que aterramos, ficamos com os pés dentro de água, a temperatura passa de 10 para 35, em vez do chá para aquecer, bebemos um qualquer sumo tropical com côco e jaca, enfeitado com goiaba e physalis... e de repente parecemos aquele emoji com corações nos olhos). Como sabem (os recém chegados ficam a saber), a minha paixão não se restringe só à cozinha. As festas são o backstage, uma espécie de casulo onde sinto necessidade de entrar para criar. Horas de computador e serões de tesoura e cola em punho. A soma delas faz-me feliz, os olhos brilham e como por magia, o sono não chega. É de uma satisfação comparada a ganhar a Super Bowl americana (ganhar o Benfica é pouco... e dá-me sono.. e alguma neura). 

01 fevereiro 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Risotto de Quinoa e Pão de Banana


Mais um Domingo. Mais uma Tábua. Manhã fria mas ensolarada, deu para 15 minutos de escorrega, 10 de bola e 5 de baloiço. Nada mais que isto ou corríamos o risco de virar estátuas de gelo em pleno Parque Infantil. Para derreter os 10 graus e deveras aquecer os motores, uma voltinha pela praia. Mar flat, areia no mesmo sítio. Gente a passear-se e a tirar o pó às sapatilhas (well done que o Verão está ao virar da esquina). Os meus músculos inferiores, hoje, não me permitem grandes aventuras, estou metabolicamente em shut down. Talvez pedale até à cozinha só para terminar ali um pãozinho de banana que sobrou do shooting... 

25 janeiro 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Espetadas de Frango Satay com Molho de Amendoim e Bolinhos de Chocolate Invertidos


E hoje o sol voltou a brilhar e a aquecer as articulações enferrujadas pela chuva, os músculos contraídos pelo frio e o ego deprimido pelos dias cinzentos! Que raio de semana. Um frio glaciar que parecia não ter fim, quando começava a sentir um certo conforto pela temperatura amena de levantar 4kg em cada perna (no ginásio), o treino acabava. Nem uma pinga de suor. Entrava congelada e saía a meio do processo de descongelação natural, uma espécie de frango inteiro que precisa de uma noite inteira para voltar à temperatura ambiente. Ontem apesar do sol tímido e dos meus braços só fazerem uma curvatura de 45º (o PT anda doido... levei-lhe aquele pão de alfarroba na terça, ontem não levei nada, fiquei com a curvatura avariada), jurei que ia mandar-me para dentro da cozinha, com ou sem dores musculares. Antes de sair de casa, deixei tudo em estado marinada e fui treinar descansada...

21 janeiro 2015

Pão de Alfarroba e Tâmaras


Um pão que não é pão. Um pão que sabe a bolo, mas não é bolo (ou é?). Um bolo que tem ar de chocolate, mas não tem chocolate. Uma massa húmida, doce, saudável e intrigante. Fatia após fatia, dei por mim a contar as migalhas e a pensar se tinha tâmaras suficientes no armário para fazer um bis do meu mais recente bolo de chá favorito. Afinal que bolo será este? Que mistério o envolve? Que ingredientes, parecem ser e não o são, fazem deste bolo um dos meu Top Tea Cakes? É estupidamente bom, é só isto que tenho a dizer.

18 janeiro 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Taça de Bacalhau Grelhado e Crumble de Maça e Mirtilo


 Ao Domingo há Tábua! Há também muita chuva e uma impossibilidade infinita para sair de casa. O "piqueno" conseguiu trazer da escola uma bela gripe e com quem é que ele decidiu partilhar tamanha virose? Pois claro, com a mãe, que no meio de colo e mimo, foi completamente apanhada desprevenida. Muitos atxim´s, nariz em modo dilúvio, olhos em alerta infra vermelho, mas também muito gengibre, muito chá a fumegar e muita paparoca saudável para combater esta intempérie. Como tento abstrair-me da bicharada, foco-me em comida saudável. Pesquiso, tiro notas, guardo receitas, faço alterações, algumas provo e penso que não vou conseguir gostar daquilo, mas depois, entre garfadas, até não me sabe assim tão mal. Os verdes são uns bichos papões até os despirmos de preconceitos. Este ano iniciei (ou iniciamos, pois tenho o meu marido de mão dada comigo neste projeto) um novo estilo de vida. O salto foi dado. Agora não podemos voltar atrás. Let's do it!

15 janeiro 2015

Uma experiência Épica... e uns chocolatinhos ao barulho


Qual Dia Mundial da Criança... ainda nós (pais) escondemos os chocolates na prateleira mais inacessível a quem não abona mais de 1 metro e escassos centímetros, ralhamos quando comem 2 quadradinhos e vão para a cama sem passar a escova nos molares, ficamos de cabelos em pé quando há milhões de nano partículas, mais conhecidas por migalhas, espalhadas pelo tapete de pêlo falso da sala, contamos religiosamente o número de smarties que podem comer no dia de Natal (porque nós precisamos de reservas para os restantes 364 dias do ano), abrimos os globos oculares no zoom máximo, não para os ver melhor, mas para indicar que há guardanapos à retaguarda e a porra da camisola não serve para limpar bocas lambuzadas de chocolate... chocolate? Alguém disse CHOCOLATE?

06 janeiro 2015

Fatias Douradas de Bolo Rei


E eis que finalizamos as festas, num dia frio de Reis. Enganem-se se pensam que comi Bolo Rei, ainda por cima mergulhado em leite e ovo. Nop! Como sabem, a minha alimentação sofreu um grande embate, estou a adaptar-me a alimentos mais saudáveis e a testar novas receitas, para que possa partilhá-las com algum rigor. Entenda-se por saudável, fat free. O ser saudável é relativo, encontrar o equilíbrio não é tarefa fácil. Há que fazer testes e cometer erros, parar para perceber o que o nosso corpo precisa. Ele dita as regras... Preparem-se para o que há de vir, muito verde, muita semente, muito farelo, muita sopa e muito peixe. As minhas compras de supermercado ultimamente são muito parecidas a alpista de pássaro.