25 janeiro 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Espetadas de Frango Satay com Molho de Amendoim e Bolinhos de Chocolate Invertidos


E hoje o sol voltou a brilhar e a aquecer as articulações enferrujadas pela chuva, os músculos contraídos pelo frio e o ego deprimido pelos dias cinzentos! Que raio de semana. Um frio glaciar que parecia não ter fim, quando começava a sentir um certo conforto pela temperatura amena de levantar 4kg em cada perna (no ginásio), o treino acabava. Nem uma pinga de suor. Entrava congelada e saía a meio do processo de descongelação natural, uma espécie de frango inteiro que precisa de uma noite inteira para voltar à temperatura ambiente. Ontem apesar do sol tímido e dos meus braços só fazerem uma curvatura de 45º (o PT anda doido... levei-lhe aquele pão de alfarroba na terça, ontem não levei nada, fiquei com a curvatura avariada), jurei que ia mandar-me para dentro da cozinha, com ou sem dores musculares. Antes de sair de casa, deixei tudo em estado marinada e fui treinar descansada...

21 janeiro 2015

Pão de Alfarroba e Tâmaras


Um pão que não é pão. Um pão que sabe a bolo, mas não é bolo (ou é?). Um bolo que tem ar de chocolate, mas não tem chocolate. Uma massa húmida, doce, saudável e intrigante. Fatia após fatia, dei por mim a contar as migalhas e a pensar se tinha tâmaras suficientes no armário para fazer um bis do meu mais recente bolo de chá favorito. Afinal que bolo será este? Que mistério o envolve? Que ingredientes, parecem ser e não o são, fazem deste bolo um dos meu Top Tea Cakes? É estupidamente bom, é só isto que tenho a dizer.

18 janeiro 2015

#Ao Domingo há Tábua!# Taça de Bacalhau Grelhado e Crumble de Maça e Mirtilo


 Ao Domingo há Tábua! Há também muita chuva e uma impossibilidade infinita para sair de casa. O "piqueno" conseguiu trazer da escola uma bela gripe e com quem é que ele decidiu partilhar tamanha virose? Pois claro, com a mãe, que no meio de colo e mimo, foi completamente apanhada desprevenida. Muitos atxim´s, nariz em modo dilúvio, olhos em alerta infra vermelho, mas também muito gengibre, muito chá a fumegar e muita paparoca saudável para combater esta intempérie. Como tento abstrair-me da bicharada, foco-me em comida saudável. Pesquiso, tiro notas, guardo receitas, faço alterações, algumas provo e penso que não vou conseguir gostar daquilo, mas depois, entre garfadas, até não me sabe assim tão mal. Os verdes são uns bichos papões até os despirmos de preconceitos. Este ano iniciei (ou iniciamos, pois tenho o meu marido de mão dada comigo neste projeto) um novo estilo de vida. O salto foi dado. Agora não podemos voltar atrás. Let's do it!

15 janeiro 2015

Uma experiência Épica... e uns chocolatinhos ao barulho


Qual Dia Mundial da Criança... ainda nós (pais) escondemos os chocolates na prateleira mais inacessível a quem não abona mais de 1 metro e escassos centímetros, ralhamos quando comem 2 quadradinhos e vão para a cama sem passar a escova nos molares, ficamos de cabelos em pé quando há milhões de nano partículas, mais conhecidas por migalhas, espalhadas pelo tapete de pêlo falso da sala, contamos religiosamente o número de smarties que podem comer no dia de Natal (porque nós precisamos de reservas para os restantes 364 dias do ano), abrimos os globos oculares no zoom máximo, não para os ver melhor, mas para indicar que há guardanapos à retaguarda e a porra da camisola não serve para limpar bocas lambuzadas de chocolate... chocolate? Alguém disse CHOCOLATE?

06 janeiro 2015

Fatias Douradas de Bolo Rei


E eis que finalizamos as festas, num dia frio de Reis. Enganem-se se pensam que comi Bolo Rei, ainda por cima mergulhado em leite e ovo. Nop! Como sabem, a minha alimentação sofreu um grande embate, estou a adaptar-me a alimentos mais saudáveis e a testar novas receitas, para que possa partilhá-las com algum rigor. Entenda-se por saudável, fat free. O ser saudável é relativo, encontrar o equilíbrio não é tarefa fácil. Há que fazer testes e cometer erros, parar para perceber o que o nosso corpo precisa. Ele dita as regras... Preparem-se para o que há de vir, muito verde, muita semente, muito farelo, muita sopa e muito peixe. As minhas compras de supermercado ultimamente são muito parecidas a alpista de pássaro.